Língua alemã é diferencial no mercado de trabalho

07 Abril 2017 14:16:14

Aline Christina Brehmer
O-currículo-na-Alemanha.jpg

“É uma forma de resgate à tradição, mas principalmente de conscientizar a importância da língua alemã no âmbito profissional. Esta semana tem seus olhos voltados à preservação da tradição e da cultura que tanto nos orgulha, mas sobretudo ela provoca um debate sobre o que é o futuro dessa língua em um cenário atual. Para nós aqui do estado, na condição de ser um timboense, indaialense, catarinense e brasileiro, se trata de acender um debate sadio sobre a língua alemã e descobrir o quanto ela acrescenta”.

É dessa forma que o cônsul da Áustria em Blumenau, Mauro Kirsten, analisa a importância da Semana de Língua Alemã que acontece em todo o Brasil até este sábado, dia 8. Serão promovidos cerca de 550 eventos por todo o país durante a segunda edição. A iniciativa partiu das cinco embaixadas que têm o alemão como língua mãe, sendo elas: Alemanha, Áustria, Bélgica, Luxemburgo e Suíça.

“São os respectivos embaixadores desses cinco países que trabalham para que o evento ocorra no Brasil”, ressalta Kirsten. Hoje, o Consulado da Áustria calcula, através de estudos, que há aproximadamente 135 mil brasileiros que falam e escrevem em alemão.

Eventos no Médio Vale

Em Indaial, a Fundação Cultural da cidade realizou, no dia 2 de abril, um evento voltado aos adultos e às crianças. Kirsten ministrou a palestra que tinha como tema ‘O dever de um cônsul honorário’. A professora Elaine Theilacker fez uma apresentação voltada às crianças, na qual contava histórias em alemão e português, incentivando o interesse dos pequenos. “Foi um evento interessante. As pessoas corresponderam e gostaram. Vieram para poder ouvir e acompanhar o que a Fundação estava fazendo”, comenta o cônsul.

Já em Blumenau, cerca de 56 eventos foram realizados nesta semana – e seguem acontecendo até este domingo. Kirsten diz que o município buscou, através dos consulados da Alemanha e da Áustria, unificar uma série de organismos, sendo eles: Escola Barão do Rio Branco, Museu dos Clubes de Caça e Tiro de Blumenau, SESC, Igreja Evangélica de Confissão Luterana do Brasil, Conselho da Língua Alemã de Blumenau, Instituto Cultural Brasil Alemanha, Furb, Câmara Brasil Alemanha, Honorarkonsul der Bundesrepublik Deutschland Blumenau, Consulado Honorário da Áustria Blumenau, Prefeitura Municipal de Blumenau, Fundação Cultural de Blumenau, Câmara de Vereadores de Blumenau e Secretaria de Educação de Blumenau.

Diferencial

Kirsten evidencia a importância da língua alemã no sentido da formação de um jovem, de um pai de família, no sentido de melhorar sua relação com o mercado/local de trabalho. “A língua é sem sobra de dúvida um hiato perfeito para auxiliar quem aprende o alemão, uma capitalização de currículo. O alemão que se aprende hoje é bastante diferente daquele que se falava em casa, é mais qualitativo”, comenta Kirsten.

Ele diz que normalmente a pessoa que ingressa em uma escola ou tem um professor particular deseja expandir os horizontes, não apenas aprendendo a falar outra língua, mas também escrever e ler. É um evento que atinge diversas classes sociais, entidades, interesses. “Não é difícil, basta querer. A ideia é que esse evento acenda no coração das pessoas um sentimento de consciência, de responsabilidade, da importância disso para a pessoa e para a sociedade”, garante.

Confira a programação completa e eventos que serão realizados acessando o site: www.semanadalinguaalema.com.br


Seminario

EDIÇÃO IMPRESSA

logo site branca.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Café Impresso