O Enem e suas bizarrices!

Por Ozinil Martins de Souza 13/11/2018 - 15:21 hs

O que diriam os estudantes, como você meu caro jovem, que dedicaram horas e horas de estudos para preparar-se para o Enem ao deparar-se com certas preciosidades que mostram porque somos um dos piores países em Educação quando participamos de testes internacionais, o PISA, principalmente. Que tal entender o dialeto gay, entender os dilemas da neta lésbica ou responder questões com forte viés político de esquerda? “Acuenda o pajubá!” O que isto tem a ver com conhecimento e sua aplicação no crescimento individual dos estudantes? Sim, o PT não é mais governo, mas deixou uma infiltração gigante de adeptos na rede pública que deverá ser o primeiro trabalho de limpeza a ser realizado pelo novo governo. O Enem trouxe afirmações de escritores inexpressivos, mas camaradas, com questões sem citação de fontes ou incompletas, erros grosseiros de português, não atualizado e sem referências históricas como se nada existisse antes de um determinado período. Vamos esperar o próximo domingo e ver a que mais sujeitaram os nossos jovens!

Que futuro espera a humanidade?

Estou lendo o livro mais recente de Yuval Noah Harari, “21 lições para o século 21”, que completa a trilogia que começou com “Homo Sapiens” e passou por “Homo Deus” em que ele aprofunda o que já tinha comentado em seu livro anterior sobre a Inteligência Artificial. As análises feitas levam à perplexidade e, o interessante é que tem governos e países que já perceberam as consequências e estão agindo e em Terra Tupiniquin está se discutindo ideologias, se prende ou solta, qual será o comportamento do governo que assumirá em janeiro. Triste será a sina de quem não souber ler os cenários que estão sendo projetados; alguns já em adiantado estado de consolidação. Escreve ele, seguindo a linha de Bill Gates e Marck Zuckenberg, na necessidade de uma Renda Básica Universal (RBU) para sustentar os desalojados pela IA e, cita que a Finlândia começou uma experiência em jan/2017 com 2 mil finlandeses desempregados recebendo 580 euros por mês e que, ações como esta, estão em andamento na província de Ontário (Canadá), em Livorno (Itália) bem como, em várias cidades holandesas. Aqui, não foi objeto de discussão na campanha presidencial, não é objeto de debates no congresso nem na mídia. Talvez o mundo esteja errado e nós certos. Vamos torcer!

As mudanças no Mercado de Trabalho

Serão profundas e não haverá muito tempo para adaptação. Os governos poderão, através de legislação protetora, protelar as mudanças em curso. Mas, o país tem que estar consciente que perderá em competitividade. Outro agravante que existe é o baixíssimo nível educacional do povo brasileiro. O governo deve pensar em: o que fazer para impedir o fechamento de postos de trabalho? O que fazer para criar novos postos de trabalho em áreas que nem imaginamos e o que será feito, se apesar de todos os esforços, esta conta fechar no vermelho? Desafio gigante, pois tudo induz a imaginar a substituição dos trabalhos repetitivos por IA e mesmo nos postos de trabalho que exigem algum raciocínio esta possibilidade estará presente. Lembro do aplicativo desenvolvido pela IBM, Watson, para atuar na interpretação de exames médicos e que está tendo um índice de acertos superior a 90% e, passou a ser adquirido por hospitais do mundo todo. A capacidade de desenhar cenários deveria ser obrigatória em ocupantes de cargos públicos, pois fazer o básico é simples demais!

Curtas

Na edição passada do jornal escrevi que o Juiz Sérgio Moro não aceitaria o cargo de Ministro da Justiça. Para o bem do Brasil, errei! Sérgio Moro aceitou e com carta branca para combater o crime organizado no país. Escolha excelente e que, sem dúvidas, coloca os acertos do novo governo em patamar elevado. Os nomes até agora divulgados credenciam o governo a ter bons resultados.

A histeria que tomou conta de alguns membros do Partido dos Trabalhadores só é justificada pela possibilidade do aprofundamento das investigações em atos do governo anterior. Bolsonaro já avisou que, na primeira semana de governo, os dados do BNDEs serão colocados ao conhecimento público. Vem coisa feia por aí!

Há alguns anos atrás uma disputa de partida de xadrez entre Iury Gasparov e o computador Deep Blue trouxe a vitória para a máquina pela primeira vez na história. Atualmente o computador AlphaZero é o campeão mundial de xadrez; ele aprendeu com ele mesmo a jogar e tudo em 4 horas. Ganhou a partida de outro computador, o Stockfish 8, que calculava até 70 milhões de posições por segundo. O AlphaZero é da IBM.

A facilidade de trabalhar com máquinas é sua atuação conectada. Enquanto todas seguem as mesmas regras e evitam erros seguindo seus comandos isso não acontece com os seres humanos que são guiados por impulsos e emoções que podem provocar erros grosseiros. Imaginemos carros autônomos circulando pelas ruas com índice de acidente zero. Acho que veremos isso em breve!

Educação

“Para ter sucesso, é necessário amar de verdade o que se faz. Caso contrário, levando em conta apenas o lado racional, você simplesmente desiste. É o que acontece com a maioria das pessoas.” Steve Jobs